3 pensamentos em “Cidadão do mundo: Suécia”

  1. É muito interessante notar certos detalhes de acabamento e construção de carros como esse e depois observar os nossos Passat. Fica clara a intenção da VW e repetir esses padrões aqui, por isso costumo dizer que em grande parte as qualidades do Passat daqui são as mesmas de lá, mas os defeitos também (rsrs). Lembro que na época achava bizarro aqueles esparadrapos tampando os furos do assoalho do porta-malas. Hoje em dia, após ver fotos como essas demonstrando que por lá a VW fazia o mesmo, acho até um charme ver os esparadrapos no assoalho do porta-malas do meu Passat. Até brinco: “meu carro ainda tem os esparadrapos originais!”. Rsrsrs…

Deixe uma resposta