Paulo no Passat

As figuras políticas do populismo geram sentimentos opostos. Há quem ame, há quem tenha ódio. Passar indiferente, jamais. O doutor Paulo Salim Maluf é uma das figuras políticas mais curiosas e polêmicas e não poderia passar em branco no blog.

Foto: Luiz Cesar Barbosa
Foto: Luiz Cesar Barbosa

Político que dominou o cenário paulista por anos, continua com seus fiéis eleitores e com alguma força política. Maluf é apreciador da marca Porsche e conta com alguns modelos em sua garagem.

AH1294170566x4752
Foto: www.estadao.com.br

Na briga para ser o primeiro carro nacional a álcool em produção, a Volkswagen do Brasil preparou o Passat para essa tarefa. Com o motor de 1500 centímetros cúbicos e carburação simples, o Passat enfrentava o pioneiro Fiat 147, num teste realizado pela revista 4 rodas em 1979.

69216_361336630594407_1070685696_n Motores 1.5 Álcool na Ala 5. Foto: Luiz Cesar Barbosa
Motores 1.5 Álcool na Ala 5. Foto: Luiz Cesar Barbosa

Embora o Passat tenha sido o pioneiro na VWB e tenha sido o primeiro médio a receber o combustível vegetal, o Ford Corcel obtinha melhores números de venda e mais elogios os proprietários com seu motor 1600.

Vale lembrar que para a linha 1981 a VW oferecia o Passat TS 1.5 álcool, que durou apenas esse ano, pois para 1982 o Passat recebia o motor 1.6 em todos os modelos da linha, já convertido para álcool, antes do motor MD 270 e do AP 600 e AP 800, motores que também consumiam álcool. O combustível dominou as ruas e os tanques dos carros nacionais por uma década.

2 pensamentos em “Paulo no Passat”

  1. “Este Passat não é meu!!!” – Paulo Maluf, ao ser questionado sobre um VW Passat encontrado escondido nos fundos de sua mansão em São Paulo.

Deixe uma resposta para Fernando Almeida Cancelar resposta