Crash Test: VW Dasher

O vídeo abaixo mostra algumas cenas que não são muito agradáveis, porém não deixam de ser um importante registro histórico: o crash test de um Dasher em 1979. O modelo, na versão vendida para os Estados Unidos e Canadá, semelhante a alguns já mostrados aqui no blog (como este aqui) foi avaliado quanto ao impacto traseiro. A entidade responsável pelo teste foi a NHTSA (National Highway Traffic Safety Administration), uma agência do governo norte-americano ligada ao Departamento de Transportes, que determina padrões de segurança veiculares, entre outras atividades.

Crash test VW Dasher 1979

A velocidade utilizada pela barreira móvel no teste é de 30 milhas por hora, o equivalente a cerca de 50 km/h, contra o carro parado. O estado do carro após o impacto impressiona, e através dos resultados é possível prever diversos pontos do veículos que podem ocasionar lesões mais sérias aos seus ocupantes ou mesmo efeitos colaterais da colisão, como o vazamento de combustível.

Este vídeo é um material raro de se obter no Brasil, portanto vale a pena observar o que acontecia na versão vendida nos EUA.

Grigorevski

Fundador da Home-Page do Passat e presidente do Passat Clube - RJ.

Um comentário em “Crash Test: VW Dasher

  • 31 de agosto de 2017 em 18:00
    Permalink

    Muito interessante! Fico pensando em dois aspectos: um, a versão americana tinha reforços para colisões (aquele pára-choque mais firme era um desses reforços); por outro, essa é a re-estilização que nunca tivemos, com abertura do porta-malas entre as lanternas (e, se pensarmos, mais “exposta”). Isto posto, como será que o carro brasileiro se sairia nas mesmas condições?

    Resposta

Deixe uma resposta