Faça chuva ou faça sol

Um dos maiores prazeres para o dono de um carro antigo é poder sair com ele. Nem que seja para uma voltinha pelo bairro… Melhor ainda é quando esta voltinha dura algumas centenas de km! Sei que entre os visitantes do site, boa parte é adepta de colocar o Passat na estrada e curtir com a família e amigos pelo menos um dia de diversão a bordo de seus “velhinhos”, que são tratados com extremo carinho, mas não recusam um passeio nem com tempo ruim.

salao01

No último dia 15 a Home-Page do Passat esteve presente em São Paulo,  a convite da Volkswagen do Brasil, para um evento promovido pela montadora no Salão do Automóvel. Foram mais de 200 VW de diversas épocas, modelos e estilos, que agradaram todo o tipo de entusiasta de automóveis e ficaram em exposição em duas áreas do São Paulo Expo. Estes veículos foram selecionados através de convites a sites e clubes especializados na marca, como o Santana Fahrer Club, Quadrados Perfeitos, Fusca Clube ABC, entre outros. A Home-Page do Passat recebeu com muita honra esse convite  e selecionou alguns Passat para participar. A cobertura você já tem aqui mesmo, desde o último dia 17.

Cabe aqui a observação de que a Volkswagen surpreendeu positivamente ao fazer o que poucas montadoras fazem no Brasil: dar valor aos proprietários dos veículos antigos da marca, que não apenas levam com eles uma pequena amostra da história da montadora e dão exemplo da durabilidade de seus produtos quando bem tratados, como também muitas vezes acabam sendo consumidores de seus produtos atuais.

salao02

Entre os participantes convidados pelos sites e clubes responsáveis, estavam não apenas moradores de São Paulo e interior, mas também de outros estados, que enfrentaram o péssimo tempo dos dias anteriores ao evento para estarem presentes, sem desanimar. E o Passat Clube – RJ preparou um vídeo mostrando um pouco de como foi uma destas viagens. Na ida, contando com um LSE 1980, LSE “Iraque” 1986 e Village 1987. E na volta, já com a companhia também de um LS 79/80 de um dos sócios que havia aproveitado o final de semana para viajar mais cedo e curtir o interior do estado, chegando a enfrentar até mesmo uma inesperada chuva de granizo, felizmente sem nenhuma consequência. Confira abaixo:

 

Salão do automóvel 1976: Passat TS prata

Estrela no salão do automóvel ao lado do lançamento do Fiat 147, Alfa Romeo 2300 Ti e face lift do Maverick, o Passat TS 1977 apresentava novo console, trambulador do câmbio aprimorado, faixas laterais em novo modelo e novas cores.

Entre as novas cores, o Prata metálico era oferecido na versão TS, como na foto acima. Apesar da linda cor, relatos da época dizem que foi verdadeiro fiasco. O motivo?

Após alguns meses de uso o belo tom de prata dava lugar a um tom de rosa, deixando muitos proprietários corados de vermelho, fazendo com que a fábrica chamasse os veículos para uma repintura.

Talvez por esse motivo são raros os Passat TS na cor prata, oferecida somente nesse ano de 1977, retornando apenas na década de 1980.

Detalhe que vale ser apontado era o friso da caixa de ar na cor preta. Todos os Passat TS saíam com o friso nessa cor, sendo uma exceção o retratado pela revista 4 rodas no teste de dezembro de 1976 vinha com frisos sem pintura.

Foto digitalizada por mim em 26 de maio de 2008, que circulou a internet. Faz parte da matéria sobre o Salão do Automóvel da edição de novembro de 1976 da revista 4 rodas.

Colaboração do amigo Marcelo Nadólskis.

Souvenir #01

Chaveiro com modelos nacionais do passado, vendido no último Salão do Automóvel de SãoPaulo, em 2010.

Raro ver algo que represente um Passat, quanto mais da própria VW.

Salvo engano custou algo em torno de R$ 25,00.