Home / História / Nas linhas do Passat a beleza do nosso tempo.

Nas linhas do Passat a beleza do nosso tempo.

A tarefa de modificar um projeto já existente não é simples, pois é preciso preservar a harmonia do restante do veículo e segurar os custos. Nesse contexto, Giorgetto Giugiaro foi encarregado de modificar o projeto do Audi 80 para convertê-lo à la Volkswagen.

Detalhe da traseira do Audi 80.
Detalhe da parte interna do porta malas do Auudi 80, cujo tanque e pneu obressalente estão dispostos em posição diversa do Passat.

Nome forte no design automotivo após trabalhar para grandes estúdios, desenvolveu a Italdesign, hoje pretencente ao grupo Volkswagen AG.

Entre suas maiores criações, um Volkswagen lançado em 1974, que gerou um nicho de mercado. Era o VW Golf e sua carroceria Hatchback. Em plena crise do petróleo, o Hatch de motor e tração dianteiros determinou um novo padrão na Volkswagen e no mercado de veículos pequenos. Natural que os demais fabricantes replicassem seu estilo, influenciando até o concorrido mercado americano.

O estilo do VW Golf já era conhecido, principalmente pelos brasileiros por meio do VW Brasilia. Mas a fórmula do Golf era o segredo, com motor na transversal, tração e motor dianteiros e bom aproveitamento de espaço. Tanto que anos depois a fórmula foi aplicada no Fiat Uno com grande sucesso, principalmente no Brasil.

Pouco antes do revolucionário Golf, o Passat inovara ao apresentar o desenho da traseira diverso do Audi 80. No lugar de um tradicional 3 volumes, saía das pranchetas um desenho com vidro traseiro com uma leve queda, um fastback.

Protótipo que serviu de base para o desenho do Passat B1

O estilo não era novo, assim como ocorria com o Golf, pondendo encontrar paradigma na própria VW e em modelos da Audi.

A VW disponibilizava o Passat em carrocerias com duas portas, três portas (GH, do alemão Grosse Hecktür), 4 portas e 5 portas. Era o diferencial em relação ao Audi 80, cuja linha era limitada nas opções com duas ou quatro portas.

Renault R30 TX. Um jogo de 7 erros em relação ao Passat B1.

A praticidade das 5 portas, o formato agradável e esportivo fizeram moda. O desenho da traseira fastback e 5 portas foi aplicado em modelos como Audi 100 Avant, Renault 20 e 30, Rover SD1, Simca 1307, Citroën CX, Lada Samara, Moskvich Aleko, entre outros.

Pode-se constatar que, se o Passat não lançou moda como fez o VW Golf, pelo menos estava na moda nos anos 1970.

Sobre Artur.Y

Confira também

São Leopoldo, 1974 - Lançamento do Passat

Lançamento do Passat em São Leopoldo – RS, 1974

E que ótimas imagens o amigo e leitor Rodrigo Abreu publicou no grupo da Home-Page ...

Um comentário

  1. Muito bacana e curiosa a história do surgimento e inspiração do modelo.

    Mais uma para anotar no caderninho !!

    Abraços !!

Deixe uma resposta