Home / Geral / O Passat da capa

O Passat da capa

Nunca é demais falar do livro do Passat, da série “Clássicos do Brasil”. E desta vez, um making of da capa, cuja estrela foi o Passat L 1976 do Heitor Nunes, que já foi inclusive tema de um post aqui no blog, o nosso primeiro Passat do Leitor. Particularmente, me agrada saber como são realizadas determinadas coisas, como fotos e filmagens envolvendo carros. Já tive o prazer de presenciar algumas filmagens, mas nunca uma seção de fotos profissionais.

As imagens, enviadas pelo Heitor, mostram que tirar uma foto de qualidade não é coisa simples. Além de um Passat em estado impecável e extrema limpeza (e nisso o Heitor é praticamente imbatível), ainda há a preocupação com a iluminação, fundo, bons equipamentos, sem esquecer da capacidade dos profissionais envolvidos. A soma de tudo isso é a ótima capa que conhecemos, digna de representar os quase 900.000 Passat produzidos no Brasil.

heitorlivro02bheitorlivro01b heitorlivro03b

Sobre Grigorevski

Fundador da Home-Page do Passat e presidente do Passat Clube - RJ.

Confira também

La Passat Automatique - O Passat com câmbio automático

Passat automático 1974

O assunto de deste post desperta a curiosidade de parte dos admiradores brasileiros do Passat ...

10 comentários

  1. Saiu lindo na capa, lindo no “making of” e pessoalmente posso dizer que é ainda mais! Parabéns Heitor!

  2. É o “Garoto da Capa”. 🙂

  3. Guardadas as devidas proporções, é como ver seu filho ser o orador da turma na formatura daquele curso que você sempre sonhou. Alguém olha e diz: “caramba, esse rapaz está de parabéns!”. Aí você enche os pulmões de ar, estufa o peito, olha pra pessoa, solta AQUELE sorriso e responde: “É meu filho!!!”

    Parabéns Heitor!

  4. Valeu amigos, muito obrigado! E bem com o Fernando disse, aquele orgulho de ver todo o trabalho sendo recompensado, hehehe…

    Sobre o trabalho da foto, realmente é algo impressionamente, que eu não fazia idéia: Cheguei ao estúdio por volta das 8:00 e sai de lá umas 12:30…cerca de 4:00 para ajustar lente, luzes, fundo, reflexos…o ajudante do fotógrafo teve que subir no telhado para tapar uma entrada de ar (aqueles exaustores giratórios), foi até cômico!

    Agora sobre a limpeza que o André citou…vou contar uma engraçada justamente deste dia! No dia anterior, por volta das 19:00h começei a lavar o carro para o ensaio. Pois bem, no dia seguinte bem cedo, carro impecavelmente limpo o Hector sai todo garboso pelas ruas de SP…

    Rodei uns 7km e quando estava descendo na Marginal Pinheiros, na faixa da direita da pista central, um ônibus da viação Cometa passa em alta velocidade na pista lateral, numa poça de lama! E foi aquele banho de lama no carro!!!! FDP!!

    Cheguei ao endereço do estúdio e não tinha um posto perto para jogar uma água. Tive a brilhante idéia de ir num boteco, comprar 3 garrafas d’agua e eu mesmo limpar o carro na rua, hahahaha.

    Mas no final deu tudo certo…

    Abraços

  5. Acho que uns 3/4 carros quase pararam para ficar vendo a cena de um xarope lavando carro com água mineral as 7:30am, hehehe.

    • hahahahahah… sujaram o terno do seu filho quase na hora do discurso????

      E ainda vai aparecer um doido pra dizer: “tá certo que o carro do cara é bonito, mas daí a lavar com água mineral… ah não… isso é exagero!!!”

      Pior ainda vai ser encontrar tópicos de fóruns pela internet onde o pessoal afirma que lavar o carro com água mineral ajuda a embelezá-lo, haja vista que os minerais contidos na água possuem um princípio ativo que dissolve a sujeira e recupera o brilho da pintura em segundos!! E ainda vão apontar como exemplo o carro do Heitor e seus procedimentos secretos, descobertos por acaso ao flagrarem ele lavando o carro de madrugada em uma rua escondida na cidade de São Paulo … hahahahahah

Deixe uma resposta