Home / Cidadão do Mundo / Cidadão do mundo: Audi 100 LS 1975

Cidadão do mundo: Audi 100 LS 1975

Os posts da série Cidadão do Mundo continuam trazendo Passat ou seus “primos” encontrados em outros países. Hoje é dia de apresentar um destes primos: um Audi 100 LS 1975, que está a venda na Alemanha. Modelo maior que o nosso Passat e, claro, que o Audi 80, essa carroceria é conhecida como C1 e começou a ser produzida em 1968.

Audi 100 LS 1975

O exemplar a venda aparenta excelente estado e tem pouco mais de 95.000km rodados. A mecânica é 1.8, gasolina, com câmbio manual de 4 velocidades. Pelo espaço interno, nível de acabamento e mecânica de características mais modernas como a tração dianteira, o modelo 100 poderia ter sido uma boa opção na sua categoria se tivesse sido oferecido por aqui.

Audi 100 LS 1975
O Audi 100 possuía maior distância entre-eixos e amplo porta-malas.

Uma das características interessantes deste Audi 100 LS é a configuração de cores. O contraste do exterior laranja com o interior verde é bem curiosa. Possivelmente esta combinação não faria sucesso no Brasil e seria daqueles exemplares com boa procura atualmente pela raridade. Assim como acontece atualmente com cores raras da VW, como o Violeta Pop, ou mesmo os interiores claros que eram pouco requisitados pelo consumidor da época.

Audi 100 LS 1975
A exótica combinação do interior verde com a carroceria laranja é uma das características curiosas deste Audi 100 LS.

Pra completar, um quadro de instrumentos semelhante, mas um pouco mais completo que o dos nossos Passat. com espaço para o relógio e conta-giros, além do velocímetro que marca até 200km/h.

Audi 100 LS 1975
Painel e quadro de instrumentos do Audi 100 LS 1975.

 

Este Audi 100 LS está anunciado por exatos 8999 euros, o equivalente a cerca de R$34.000,00 na cotação do dia da publicação deste post.

Sobre Grigorevski

Fundador da Home-Page do Passat e presidente do Passat Clube - RJ.

Confira também

Passat Iraque 1988 no Chile

Iraque no Chile

E o Cidadão do Mundo chegou ao Chile! Um país onde o número razoável de ...

Deixe uma resposta