Home / Pra lá de Bagdá / Os pioneiros do Iraque

Os pioneiros do Iraque

O LSE “Iraque” é uma das versões mais conhecidas do Passat. Através de um grande contrato de exportação, ele foi enviado para o Oriente Médio entre 1983 e 1988 e passou a fazer parte da paisagem iraquiana. Detalhamos a versão neste artigo em nosso site.

Porém, o que nem todos sabem é que mesmo antes dessa época o Iraque já havia importado os Passat brasileiros. Um lote de 1000 unidades foi enviado no início de 1978 para aquele país, conforme noticiava o jornal Diário do Paraná em sua edição de 24 de fevereiro daquele ano. Havia ainda a previsão do envio de um novo lote de 1000 unidades. Naquela época, o país viva sob o governo do presidente Ahmed Hassan al-Bakr, tendo Saddam Hussein como vice-presidente.

Diário do Paraná - 24/02/78
Trecho da matéria sobre as exportações da VW no Diário do Paraná, no dia 24 de fevereiro de 1978.

Seja por maus tratos no uso diário ou mesmo pela possível falta de peças de reposição em número suficiente, haja visto que isso só teria sido regularizado com o contrato de 1983, é muito difícil encontrarmos registros destes pioneiros em terras iraquianas.

 

Conseguimos um destes registros, possivelmente do final dos anos 70 ou início dos anos 80. Na garagem da casa fotografada, é possível notar o Passat 4 portas com as lanternas tricolores, destinadas a exportação. No fundo da garagem, um carro que parece ser um Renault 12.

Passat 1978 no Iraque
Registro dos anos 70 ou 80 mostra um dos primeiros Passat que chegaram no Iraque.

Outras imagens, mais atuais, mostram um raríssimo sobrevivente (ou quase) nas ruas da capital do Iraque. O pobre Passat, em péssimo estado, mantém ainda boa parte de suas características originais. Restam, ainda em aparente bom estado, itens como a grade, pára-choques, faróis e o retrovisor em inox. Curiosamente, apesar dos pneus vazios e do estado de abandono, o carro se apresenta acorrentado para evitar o roubo ou mesmo que seja rebocado dali.

Passat 1978 no Iraque
Imagens recentes de um remanescente dos primeiros Passat que chegaram ao Iraque.

Será possível encontrar nos dias de hoje algum sobrevivente em bom estado destes primeiros Passat enviados para o Iraque?

Sobre Grigorevski

Fundador da Home-Page do Passat e presidente do Passat Clube - RJ.

Confira também

Encontro de Passat no Iraque

Encontro de Passat no Iraque

O que nós trazemos hoje é um, para nós, improvável encontro de Passat no Iraque. ...

Um comentário

  1. Boa tarde
    Eu tenho um 75 ,igual o do foto branco e 4 portas ,mais ta mais bonito kkkk.valeu abraço

Deixe uma resposta