Home / Pra lá de Bagdá / Passat Iraque com 18.000km

Passat Iraque com 18.000km

Depois de um belíssimo Passat que fez sucesso neste post que publicamos em setembro do ano passado, chegou a vez de outro achado no Oriente Médio: um incrível Passat Iraque com 18.000km!

Passat Iraque com 18.000km

O exemplar, na cor Vermelho Calipso, foi encontrado no Facebook e mantém fielmente suas características originais e um excelente estado de conservação, como a km já nos faria imaginar. Os pára-choques permanecem alinhados e sem marcas de encostadas, o que é um dos pontos críticos dos Passat com para-choques envolventes. Pelo pouco que as imagens permitem ver, não há riscos nos vidros laterais, confirmando o pouco uso deste exemplar. Todos os emblemas e frisos estão no seu lugar e nem o adesivo “Made in Brazil” foi retirado.

Passat Iraque com 18.000km

Passat Iraque com 18.000km
O hodômetro do Passat Iraque indica exatos 18.820km rodados.

Infelizmente não há foto do motor. Mas o interior nos faz voltar no tempo com o painel em perfeito estado de conservação, assim como o console. Não poderia faltar o toca-fitas original Bosch, modelo Los Angeles II, com o emblema da VW. O hodômetro não nos traz dúvidas e marca exatos 18.820km rodados.

Passat Iraque com 18.000km

Passat Iraque com 18.000km
Mais algumas imagens deste Passat Iraque.

Bancos, forrações laterais e outros itens como a cobertura central do volante e a alavanca do câmbio estão protegidas, total ou parcialmente, com plástico, ajudando a preservá-los. Este exemplar escapou da estranha mania iraquiana de colar adesivos das peças originais ZBA e ZBB no quadro de instrumentos.

Passat Iraque com 18.000km

O porta-malas deste Passat Iraque abriga o estepe original, assim como parecem ser os pneus que estão em uso. As calotas cromadas também estão lá, devidamente embaladas e protegidas. Uma curiosidade é a presença do kit de peças sobressalentes para emergências. O que não deixa de também ser curioso é o nome destacado em inglês, em um carro destinado ao mercado do Oriente Médio. É possível ver também dois manuais, sendo pelo menos um deles escrito em árabe.

Enfim, esta é mais uma jóia que foi produzida para o Iraque e que por lá permanece em condições invejáveis.

Sobre Grigorevski

Fundador da Home-Page do Passat e presidente do Passat Clube - RJ.

Confira também

Encontro de Passat no Iraque

Encontro de Passat no Iraque

O que nós trazemos hoje é um, para nós, improvável encontro de Passat no Iraque. ...

3 comentários

  1. Rogelton Elegar Foss

    Baita carro robusto e que passou nos testes realizados pelo mito Ayrton Senna,na pista de Interlagos,SP!

  2. esse devia estar escondido em algum bunker do Saddan!!! Caramba, novinho!!!

  3. Parece que está sem a haste do limpador de para-brisas lado carona. Esse carro está um show, Tive um igual na época.

Deixe uma resposta