Home / Corridas / Copa Shell em Jacarepaguá, 1989

Copa Shell em Jacarepaguá, 1989

O Campeonato Brasileiro de Marcas e Pilotos teve dez etapas ao longo do ano de 1989. Duas delas foram realizadas no Rio de Janeiro, no saudoso Autódromo Nelson Piquet, em Jacarepaguá, onde hoje repousa parte do “legado olímpico”. Naquele ano, assim como em outros, foi chamada de Copa Shell. Entre os competidores, grandes nomes do automobilismo brasileiro, como Ingo Hoffmann, Chico Serra, Fábio Greco, Gunnar Vollmer, Andreas Mattheis e Toninho da Matta, entre tantos outros que fizeram história nas pistas. E entre os carros utilizados estavam Voyage, Uno, Escort e, claro, o Passat, que já havia saído de linha e ainda assim fazia bonito. Naquele ano, os motores turbo foram proibidos, sendo permitidos apenas os aspirados.

O vídeo que trazemos hoje, hospedado no Youtube no canal do Alessandro Neri, aconteceu em setembro de 1989, apenas um mês após o registro das fotos que publicamos aqui em fevereiro (e ainda temos mais material pra publicar), sendo a sétima etapa do campeonato. Naquele ano, o Passat já havia vencido a primeira etapa da Copa Shell disputada durante a noite, em Goiânia, com a dupla Gunnar Vollmer/Toninho da Matta. A mesma dupla, aliás, já foi citada aqui no blog por obter a segunda colocação no mesmo autódromo, durante as 12 Horas de Goiânia em 1987.

A Copa Shell, naquele momento, era liderada pela dupla Ingo Hoffmann e Fábio Greco (Ford Escort), com 90 pontos. Em seguida, dois Passat: as duplas Gunnar Vollmer/Toninho da Matta (70 pontos) e Andreas Mattheis/Ricardo Cosac (42 pontos). A pole para a primeira bateria foi do Fiat Uno de Chico Serra e Walter Travaglini. Confiram abaixo esse fantástico registro de época. A narração me parece ser do lendário Fernando Vanucci.

A prova contou com acidentes, como o do Passat pilotado por Fábio Crespi, que rodou e foi atingido pelo Voyage pilotado por Roberto Aranha. Toninho da Matta, que largou na 15ª colocação na primeira bateria, protagonizou boas disputas e o vídeo já o mostrava na 5ª posição no decorrer da prova. Outras boas cenas foram protagonizadas por Andreas Mattheis que, com seu Passat, disputou a vice-liderança com o Fiat Uno pilotado por Chico Serra e, na última volta, ainda ultrapassou o Voyage de Jorge Freitas para conquistar a vitória.

A vitória deu ao piloto Ricardo Cosac, que fazia dupla com Mattheis, a pole da segunda bateria, porém logo no início da prova ele perdeu posições. A vitória desta bateria fica com Ingo Hoffman em seu Escort. Ao final do vídeo, a curiosidade fica pela cena de Andreas Mattheis com sua filha no colo, Fiorella, que hoje é uma atriz bem conhecida.

E a Copa Shell de 1989 foi bem disputada, com Hoffmann/Greco liderando até a penúltima prova, seguido de Vollmer/da Matta. A última etapa foi realizada em Cascavel. A vitória e o título ficaram com Gunnar Vollmer e Toninho da Matta. A dupla empatou em número de pontos com Ingo Hoffmann e Fábio Greco, mas levou a melhor por ter uma vitória a mais. Mais um título para o Passat…

Sobre Grigorevski

Fundador da Home-Page do Passat e presidente do Passat Clube - RJ.

Confira também

Força Livre B, Jacarepaguá - 1989

Autódromo de Jacarepaguá, 1989

O Passat sempre teve seu nome ligado ao automobilismo no Brasil. Foram diversas categorias e ...

3 comentários

  1. Passat na mão do Ingo sempre é sinônimo de sucesso kkkkk

  2. Mesmo que nesta temporada ele estivesse guiando um Escort, o Passat foi sinônimo de Ingo Hoffman e vice-versa por muitos anos!!

Deixe uma resposta