Home / Cidadão do Mundo / Jamaica na Colômbia

Jamaica na Colômbia

Calma, calma… O título do post não tem a ver com a terra natal de Bob Marley, Usain Bolt e tantos outros que fizeram história em suas áreas. Mas sim com este simpático Passat TS na cor Bege Jamaica que encontramos a venda na Colômbia.

Passat TS na Colômbia

O carro, cuja cor só esteve disponível no mercado brasileiro para as linhas 1979 e 1980, está estranhamente anunciado como modelo 1982. O que poderia mostrar que havia cores para exportação que não mais eram oferecidas no mercado interno, ou simplesmente um erro na hora de cadastrar o anúncio mesmo, o que é também bem comum no Brasil. Até porque ele ainda traz algumas características das linhas anteriores a 1982, como as lanternas rubi, os frisos laterais finos na parte baixa das portas e pára-lamas (apesar de ter também os frisos da linha de cintura, possivelmente colocados pra aumentar a proteção contra pancadas de portas) e a fechadura do porta-malas do tipo borboleta.

Passat TS na Colômbia
O carro merece um trabalho de funilaria e pintura, mas aparenta estar bem original na parte externa.

O exemplar se apresenta bastante original na parte externa, principalmente quando comparamos com outros Passat encontrados mundo afora, como os recém mostrados LS e TS na Bolívia e tantos outros por aí. Não há fotos internas, apesar de ser possível notar que os bancos, ou pelo menos suas forrações, já foram trocados.

Não há nenhuma descrição do carro, além da informação de que ele está “todo original” e possui 200.000 km rodados. Podemos ver que ele requer algum trabalho de funilaria e pintura, principalmente na dianteira. Mas tirando o problema dos bancos trocados, poderia ser uma boa opção (pelo valor certo, claro), pra quem estivesse procurando um Passat com potencial de ficar bem bonito, se ele estivesse a venda aqui no Brasil.

Os frisos na parte inferior da porta, como nos TS entre 1979 e 1981.

A pedida por este TS brasileiro de origem, mas colombiano naturalizado, é de 5 milhões de pesos colombianos, o equivalente a cerca de R$5.900 na cotação do dia da publicação deste post. Se algum leitor estiver passeando pela Colômbia, mais exatamente no município de Cunza, nos arredores de Bogotá, é só ficar de olho nas ruas.

Sobre Grigorevski

Fundador da Home-Page do Passat e presidente do Passat Clube - RJ.

Confira também

Passat Iraque 1988 no Chile

Iraque no Chile

E o Cidadão do Mundo chegou ao Chile! Um país onde o número razoável de ...

Deixe uma resposta